“A Jornada Mundial da Juventude, direto de Madrid – Espanha”

Olá irmãos (as), escrevo-lhes para noticiar a minha chegada a Madrid a qual ocorreu tudo bem. Estou juntamente com o grupo da minha Diocese de Cajazeiras e da Diocese do Crato no hotel Alcalá de Plaza em Alcalá de Hernares a 20 min. de Madrid.

A experiencia neste primeiro momento é de grande emoção em ver jovens do mundo inteiro reunidos para se encontrar com Cristo. Descrever a JMJ é já dizer que encontrei jovens que estão em Madrid movidos pela fé, por ver em suas Igrejas mais que visitas culturais em seus interiores, presenciamos jovens sedentos de Deus. Jovens que cantam a Cristo, que fazem um profundo silêncio diante do Santíssimo Sacramento. Jovens com a Bíblia na mão e meditando os seus versículos e capitulos; jovens que cantam a palavra e que praticam-na. Pensava eu que, iria encontrar jovens que viriam apenas para um encontro qualquer, mas aqui encontrei jovens que pelo menos aparentam ser sinceros e convictos. Será que o jovem cristão está realmente tendo esse encontro com a graça de Cristo e indo a Deus? Será o fato de reunir muitos outros jovens e haver aqui em Madrid muitos eventos paralelos a JMJ que os fazem estar aqui? Não sei, mas algo posso dizer que, é Deus quem nos motiva a estarmos aqui. Jovens oriundos de diversos lugares do mundo estão em Madrid para dizer: “estamos ou ficaremos cada vez mais enraizados e edificados em Cristo, firmes na fé”. Firmes na fé da Igreja confiada aos homens por Jesus Cristo, mas acima de tudo alicerçada Nele. Como é graticante o que estou vivenciando neste momento aqui em Madrid. Digo-lhes que minha vida ganha um novo impulso, de igual modo minha vocação ao sacerdócio ganha mais incentivo ao ver que para o meu ministério eu irei servir ao “povo de Deus” assim como esses jovens que querem, mesmo por meio de tamanha manifestação que é a JMJ, ser enraizado em Cristo, ser firme na fé. Isto é o processo do discipulado que se encanta pelas palavras do Mestre e assim aperfeiçoa a sua vida num justo julgamento – o de ser bom. Assim, meus amigos(as) é que descrevo esses primeiros sentimentos da minha participação na JMJ 2011 em Madrid. Abraço a todos e não esqueçam estou rezando por vocês aqui, junto ao Papa e a Nossa Senhora da Almudena, padroeira de Madrid.

Dalmir Cornélio da Silva”

Anúncios

Publicado em 17 de setembro de 2011, em Uncategorized e marcado como . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s