Arquivo diário: 5 de maio de 2012

Jovens participaram de vigília pelo 1º ano da beatificação de João Paulo II

Tor Vergata, Roma, recebeu na noite de segunda-feira, 30 de abril, milhares de jovens que participaram de uma vigília de oração, para marcar a celebração do primeiro aniversário da Beatificação do Papa João Paulo II, nesta terça-feira, 1º de maio.

O evento foi organizado pelo Setor da Pastoral Universitária e da Pastoral Juvenil do Vicariato de Roma, e realizado ao redor da Cruz da Praça João Paulo II da Universidade Tor Vergata, lugar no qual João Paulo II se reuniu com mais de dois milhões de jovens durante a Jornada Mundial da Juventude no ano 2000. Leia o resto deste post

Última visita do estagiário Dalmir ao Zonal de Itaporanga foi na cidade de Serra Grande

A visita do estagiário Dalmir Cornélio às paróquias do Zonal de Itaporanga se encerraram na cidade de Serra Grande na Quase Paróquia da Sagrada Família que é atendida pelo Pe. José Dantas. Leia o resto deste post

Novas informações na pesquisa sobre o Santo Sudário

Novas informações na pesquisa sobre o Santo SudárioNesta semana a investigadora italiana Marzia Boi, assegurou em suas pesquisas sobre o Santo Sudário é “um dado adicional que confirma que o homem do Sudário poderia ser Jesus”.

Segundo a pesquisadora os restos de pólen encontrados no Santo Sudário de Turim não só correspondem com os que foram se depositando casualmente no tecido ao longo da história, mas também guardam uma correspondência “com os dos unguentos e flores que se utilizavam para ritos funerários há 2.000 anos”, informou a Arquidiocese de Valência em um comunicado.

O resultado dessa pequisa se encontra em uma exposição sobre o Santo Sudário em Valência no Congresso Internacional.

Em sua exposição, Marzia Boi, que trabalha no laboratório de Botânica do departamento de Biologia da Universidade das Ilhas Balear, argumentou também que no Evangelho se descreve que a sepultura de Jesus foi realizada com honras de reis, “o que implicava a preparação do cadáver com bálsamos e óleos”.

Quando Marzia Boi analisou as fotos dos polens extraídos em anteriores investigações sobre o Santo Sudário, identificou tipos de plantas que “conforme está documentado desde antigo”, eram utilizadas para os enterros.

Entre elas, no Santo Sudário há polens principalmente de Helichrysum, segundo sua observação, assim como láudano, terebinto, gálbano aromático ou lentisco.

A investigadora indicou que a revisão por parte de especialistas paleólogos de todos os “polens do sudário ajudaria a identificá-los melhor”. Do mesmo modo, ela reparou em que os óleos e unguentos presentes no manto o conservaram por conterem potentes elementos repelentes de insetos e fungos.

Fonte: ACI