Vale já perdeu grande parte do seu gado este ano: seca atinge drasticamente rebanho bovino

Sem pasto e a água suficientes, muitos animais não resistem, e a tendência é o agravamento da situação
Fonte: Folha do vale

Uma região que nasceu exatamente da força econômica da criação de gado bovino, hoje amarga grandes prejuízos na pecuária, resultado da seca deste ano. A estiagem prolongada acabou com a pastagem e secou a água dos pequenos açudes, comprometendo o sustento dos animais. Até dezembro, centenas deles terão morrido ou negociados por valores a quem do mercado.

Diante de tantas dificuldades, muitos criadores não têm outra saída: desfazem-se de parte do seu rebanho a preços baixos para evitar um prejuízo ainda maior. Este ano, centenas de animais bovinos já morreram em consequência da fome e sede ou de doenças advindas da subnutrição, reduzindo drasticamente o rebanho regional, conforme apurou a Folha (www.folhadovali.com.br).

E o problema tende a se agravar. A estiagem deve seguir pelo menos até dezembro, e até agora não há uma previsão definitiva e confiável sobre regularidade pluviométrica na região no próximo ano.

Atualmente, além da falta de pasto, a escassez d´água é outro obstáculo para a pecuária: muitos rebanhos precisam ser deslocados a grandes distâncias para beber. Quanto ao alimento, o governo estadual está distribuindo ração para os criadores regionais, mas o benefício não chega a todos nem é suficiente, além de ter chegado tarde.

As dificuldades que os pecuaristas enfrentam este ano refletem diretamente no valor dos produtos de origem animal: o preço do leite, do queijo e da carne está mais alto. No entanto, o maior prejuízo econômico é a redução do rebanho, o que empobrece o criador e tem consequências econômicas danosas ao Vale. Foto: terras do Vale têm sido um cemitério de animais.

Publicado em 31 de outubro de 2012, em SECA e marcado como . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s