Reflexão do Evangelho do 4º domingo comum (Lucas 4,21-30)

O CAMINHO DA PROFECIA

evangelho-doJesus revela-se aquele que vem da parte do Pai para cumprir as profecias, inaugurando neste mundo o reinado de Deus. Seus conterrâneos de Nazaré puderam ver suas ações e ouvir suas palavras, mas não conseguiram aceitar que ele se proclamasse o Messias esperado. E assim, questionados sobre sua falta de fé, ficaram furiosos e tentaram matar Jesus.
Vendo em Jesus apenas “o filho de José”, eles demonstraram sua incredulidade. Eram incapazes de compreender que Deus assumiu a condição humana e escolheu os menores, uma família sem importância da mesma cidade que eles. Mas a dificuldade de aceitar que Deus se encarne em nossa história e caminhe tão próximo de nós não foi exclusividade dos conterrâneos de Jesus. Há quem prefira pensar em Deus como aquele que está distante, alheio aos nossos problemas. O Deus de Jesus, porém, é um Deus que sofre conosco e nos envolve com laços de humanidade, como diz o profeta Oseias (11,4). A quantas anda nossa fé neste Deus que se faz ser humano em Jesus?
É a fé em Jesus e o compromisso com sua missão que nos tornam membros de sua família. Podemos nos julgar melhores, mas a escolha de Deus é sempre pelos que estão afastados e pelos que estão abertos à sua ação, que é liberdade e é graça. Como no tempo de Elias e Eliseu, que realizaram prodígios junto a estrangeiros. Basta olhar, para encontrar também fora das comunidades católicas e cristãs tantos sinais do amor de Deus, tantas ações que resgatam a vida e, se quisermos, nos inspiram a ser melhores.
A rejeição que Jesus sofreu em Nazaré era apenas um indicativo do que ele sofreria em sua missão. Mas ele vai adiante, continua seu caminho de doação da vida, mostrando-nos que as rejeições e perseguições não têm a última palavra. Com fé, podemos superar os conflitos e ir além. Podemos superar as rejeições que sofremos e, sobretudo, podemos ajudar os que são rejeitados. Pois “o filho de José”, este Filho de Deus cheio de amor, sempre estará conosco.

Pe. Paulo Bazaglia, ssp

Anúncios

Publicado em 3 de fevereiro de 2013, em REFLEXÕES e marcado como . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s