Arquivo diário: 22 de setembro de 2013

Reflexão do Evangelho do 25º domingo comum (Lc 16,1-13)

clipart8DEUS OU O DINHEIRO?

A história do administrador desonesto não foi contada por Jesus como elogio à desonestidade. O que Jesus elogiou foi a decisão do administrador de fazer amigos.

O versículo 13 dá a chave para compreender a parábola: não é possível servir igualmente a dois senhores, não é possível servir a Deus e ao dinheiro. E então entendemos o elogio de Jesus àquele homem que, por meios até discutíveis, toma o partido dos que estão endividados.

A riqueza, bem sabemos, está na raiz de tantas divisões e guerras. Acumulada nas mãos de poucos, representa a miséria de multidões. Jesus, porém, fala da sabedoria de fazer amigos com a riqueza, de criar relações de fraternidade onde a lógica egoísta do acúmulo cria divisão.

A atitude daquele administrador é louvável, pois representa a atitude de quem reconhece que toda e qualquer riqueza pertence a Deus e só a ele se deve servir. Leia o resto deste post