Reflexão do Evangelho do 29º Domingo do Tempo Comum (Lucas 11,29-32)

CRISTÃOS MISSIONÁRIOSDeus

No evangelho, Jesus é provocado para cair numa armadilha. Percebendo a maldade de seus opositores, transfere a responsabilidade para eles e faz um discernimento: “Dai a César o que é de César e a Deus o que é de Deus”. O poder, as riquezas, as vaidades são do mundo, são de César. A vida, o envio à missão são de Deus. Como nos lembra Isaías: “Eu te chamei, eu sou o Senhor e não há outro”. Somos eleitos para ir e testemunhar com nossa vida.

O mandato de Jesus aos seus discípulos: “Vão e levem a boa notícia a todas as nações” é algo vivo e atual. Todos somos chamados e enviados em missão. O cristão deve viver o evangelho e por isso tem a obrigação de ser missionário. Paulo dizia: “Anunciar o evangelho não é motivo de glória, mas necessidade. Ai de mim se não anunciá-lo” (1Cor 9,16). Que tipo de missionários somos? Como vivemos esse mandato de Jesus?

O tema do mês missionário deste ano é: “Missão para libertar”. À medida que nos aproximarmos dos pobres, dos que mais sofrem, dos excluídos, aliviarmos as dores e manifestarmos solidariedade, estaremos vivendo o que Jesus pediu. Na sinagoga de Nazaré, ele recordou a profecia de Isaías: “Enviou-me a proclamar a libertação” (Lc 4,18). O papa Francisco tem insistido que quer uma Igreja pobre para os pobres. Há tanta indiferença, egoísmo, acomodação, exploração; pessoas traficadas como mercadoria, corrupção, busca desenfreada de poder, de estética etc. Mas também há pessoas que se doam, prestam serviço, são verdadeiros discípulos missionários. Somos convidados a fazer nossa parte. Se não vamos em missão, podemos ajudar com nossa oração, nosso apoio e solidariedade. Nossa oferta para as missões tem sentido e valor. Não devemos dar do que sobra, mas daquilo que faz parte da vida. Manifestamos a Deus nossa gratidão por tanto que nos dá, partilhando e ajudando no trabalho missionário em todas as partes do mundo.

Pe. Camilo Pauletti

Diretor das Pontifícias Obras Missionárias

Anúncios

Publicado em 19 de outubro de 2014, em REFLEXÕES e marcado como . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s