Reflexão do 30º Domingo do Tempo Comum (Mateus 22,34-40)

jesus eu_estou_meioDOIS AMORES INSEPARÁVEIS

Sempre e em todo lugar existem os mal-intencionados querendo interpelar Jesus para pô-lo em apuros. Desta vez entra a questão do maior mandamento. Os fariseus, juntamente com os saduceus, fazem parte da elite governante no tempo de Jesus. Graças a uma provocação maldosa do fariseu, temos a proposta de Jesus de não separar os dois amores: a Deus e ao próximo.

A resposta de Jesus retoma Deuteronômio (6,5), onde encontramos o famoso shemá, Israel (escuta, Israel). O shemá é o início de uma oração ainda hoje muito cara à religião judaica que manifesta a fé do povo num Deus único. Essa expressão é repetida várias vezes no Deuteronômio. A tríplice terminologia – coração, alma, mente denota a integralidade da existência humana orientada para Deus.

A proposta de Jesus vai na contramão de uma religião intimista e desligada da vida cotidiana, sem compromisso com o próximo. O “eu e Deus” envolve um terceiro elemento: o irmão. Jesus deixa claro que não existe um amor a Deus que ignore o compromisso com o irmão. Amar a Deus acima de tudo nos faz amar o próximo com a mesma intensidade. Quanto mais a pessoa ama, mais humana e divina se torna.

Demonstramos nosso amor a Deus amando o próximo, imagem de Deus. Na vivência do segundo mandamento não menos importante , comprova-se a fidelidade ao primeiro. A comunhão amorosa e fiel a Deus exige atenção para com as pessoas. A fidelidade a Deus não combina com o desprezo ao povo. Como diz são João: “Quem não ama seu irmão, a quem vê, não pode amar a Deus, a quem não vê. Quem não ama não conhece a Deus, pois Deus é amor”.

Toda religião séria não pode esquecer o essencial e se deixar levar por caminhos que ignoram os irmãos sofredores, também filhos e filhas de Deus e amados por ele. A resposta de Jesus quer recuperar o essencial na vivência cotidiana e a base de toda religião: o amor a Deus e ao próximo.

Pe. Nilo Luza, ssp

Anúncios

Publicado em 26 de outubro de 2014, em REFLEXÕES e marcado como . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s