Arquivo da categoria: Uncategorized

Reflexões sobre temas da Sagrada Escritura.

Fonte: Reflexões sobre temas da Sagrada Escritura.

Os 50 anos de um dos mais importantes legados de Padre Zé a Itaporanga

Fonte: Os 50 anos de um dos mais importantes legados de Padre Zé a Itaporanga

CRISTO GLORIOSO NO POBRE SEM TETO

Pe. José Artulino Besen

Jesus, o pobre sem-teto - Escultura de Timothy Schmalz Jesus, o pobre sem-teto – Escultura de Timothy Schmalz

Timothy Schmalz, escultor católico canadense contemporâneo busca, com sua arte, continuar a grande tradição cristã de expressar o mistério da fé cristã através da beleza da arte. Descreve suas esculturas como traduções visuais dos Evangelhos e fica muito feliz quando as vê expostas em ruas e praças. Pela sua resistência e duração, aprecia o bronze como matéria de transfiguração a perpetuar a beleza e a experiência do Belo.

Não é necessário ser conhecedor dos Evangelhos ou dos dogmas cristãos para mergulhar no mistério cristão, como não é necessário ser musicista para sentir o mistério oculto numa Sonata de Beethoven ou numa Antífona gregoriana. Ao contemplar a obra artística se é levado à contemplação do mistério e da verdade porque, pela encarnação do Filho, a matéria tornou-se apta para ser transfigurada no divino: da mesma forma que o Senhor glorioso é o…

Ver o post original 763 mais palavras

Décimo Sétimo Domingo do Tempo Comum – A Multiplicação dos Pães – São João 6, 1-15 – Dia 26 de Julho de 2015

Ide e Anunciai

  1. Depois disso, atravessou Jesus o lago da Galiléia (que é o de Tiberíades.)
  2. Seguia-o uma grande multidão, porque via os milagres que fazia em beneficio dos enfermos.
  3. Jesus subiu a um monte e ali se sentou com seus discípulos.
  4. Aproximava-se a Páscoa, festa dos judeus.
  5. Jesus levantou os olhos sobre aquela grande multidão que vinha ter com ele e disse a Filipe: Onde compraremos pão para que todos estes tenham o que comer?
  6. Falava assim para o experimentar, pois bem sabia o que havia de fazer.
  7. Filipe respondeu-lhe: Duzentos denários de pão não lhes bastam, para que cada um receba um pedaço.
  8. Um dos seus discípulos, chamado André, irmão de Simão Pedro, disse-lhe:
  9. Está aqui um menino que tem cinco pães de cevada e dois peixes… mas que é isto para tanta gente?
  10. Disse Jesus: Fazei-os assentar. Ora, havia naquele lugar muita relva. Sentaram-se aqueles homens em número de uns…

Ver o post original 961 mais palavras